A Casa do Teatro é a sede Cia. Lázara de Teatro que nasceu como Cia. Arteatrando em janeiro de 1996, quando um grupo de jovens estudantes reuniu-se com a intenção de que o teatro na cidade de Amparo voltasse a existir.


Depois de 2 décadas de atividades, conta com cerca de cem produções, laureadas com mais de 120 prêmios e uma produção audiovisual expressiva.
Apresentamos, a seguir, as peças teatrais disponíveis para a temporada de 2020. 

Temporada 2020

Conheça os espetáculos em cartaz e à venda durante o ano de 2020

O Mágico de Oz

 

Versão reinventada da Cia. Lázara de Teatro para o clássico de L. Frank Baum, "O Mágico de Oz".
 
Dorotéia vive no sertão, na distante Cafundó do Judas, sua alegria é a companhia de sua cachorrinha Tatá e a sua fome por leitura. Mas um redemoinho muda sua vida e ela vai parar na mágica e misteriosa Terra de Oz.


Em sua jornada ela encontra o desmiolado Espantalho, o  enferrujado Lenhador de Lata e o incrivelmente medroso Leão. Todos  estão em busca do grande mágico que pode realizar seus sonhos: voltar para casa, coragem, coração e inteligência. É nessa jornada, que descobrirão que tudo isso já está dentro deles. O Mágico está em cada  um de nós.

 

Elenco: Giovana Gabriel, Giovanna Lopes, Fernando Ferro, Arminda Riolo, Kaique Oliveira, Handré Campos e Gabriel Lujan.
Maquiagem: Kaique Oliveira Arte: Giovana Gabriel

Arranjos e Direção Musical: Vinicius Sampaio

Cenografia: Handré Campos e Ju Pavesi

Dramaturgia, Direção de Arte, Figurino, Luz e Canções Originais: Alexandre Cruz Costureiras: Mary Clair Peron e Evanilde Tartarotti Monteiro

 

Duração: 60 minutos

Classificação Livre

1/7

O Pequeno Príncipe

 

Escrito e ilustrado por Antonie Jean Baptiste Marie Roger de Saint-Exupery (que se fez o narrador da história), o Pequeno Príncipe começa com a pane de um pequeno avião que deixa o piloto preso no meio do deserto do Saara. Após a primeira noite adormeceu nas areias do deserto, e foi acordado por uma criança que lhe pede: “Desenha-me um carneiro”. É ai que começa o relato das fantasias e sonhos de uma criança como todas as outras, que questiona as coisas mais simples da vida com pureza e ingenuidade.


A  história  encantadora nos devolve a cada um o mistério escondido em nossa alma. De repente retornamos aos nossos sonhos infantis e reaparece a lembrança de questionamentos acomodados, quase já imperceptíveis na pressa do dia a dia. Voltam ao coração escondidas recordações. Um reencontro pessoal com a criança que nos habita.

 

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”


Este não é um livro para criança como a maioria das pessoas pensa, é um livro que traz a mensagem da infância. A criança que esta guardada no nosso coração e na qual reconhece nossos olhos, nosso sorriso, nossa alma... É o mundo onde vivemos e o qual podemos mudar.

Elenco: Giovana  Gabriel,  Arminda  Riolo,  Handre  Campoos,  Kaique Oliveira  e   Marco  Mendes
Trilha ao vivo: Tiago Rodrigues Maquiagem: Kaique Oliveira Cenografia: Handré Campos

Figurinos: Mary Clair Peron e Alexandre  Cruz

Adaptação e Direção: Alexandre  Cruz

Duração: 60 minutos

Classificação Livre

1/6

A Peleja de Zé do Brejo e do Boi Pintadinho

 

O "Bumba meu Boi" é uma das lendas brasileiras mais conhecidas e com versões de norte a sul do país. O espetáculo A Peleja de Zé do Brejo e Do Boi Pintadinho da Cia. Lázara de Teatro conta a história do boi Pintadinho, animal de estimação do Coronel Antônio Vicente Pompeu, que tem sua vida tirada por conta dos desejos da grávida Catarina, que obriga seu atrapalhado marido Zé do Brejo a matá-lo para satisfazer seu desejo de comer uma farofa de língua de boi.

 

A partir daí, Zé do Brejo corre contra o tempo, e recorre a todo tipo de possibilidade para ressuscitar o boizinho e não sofrer a fúria de seu patrão, o Coronel.
 

Elenco: Kaique Oliveira, Arminda Riolo, Fabiane Bueno e Giovana Gabriel 
Trilha Sonora ao vivo: Tiago Rodrigues

Adereços: Mary Clair Peron

Dramaturgia: Alexandre Cruz e Patrícia Aranha

Cenário, Figurinos, Luz e Direção: Alexandre Cruz

Duração: 45 minutos

Classificação Livre

1/5

A Farsa da Boa Preguiça

 

A comédia, escrita pelo imortal dramaturgo paraibano Ariano Suassuna, da Cia. Lázara de Teatro, "A Farsa da Boa Preguiça", conta com muito humor, as venturas e desventuras de um poeta preguiçoso, Joaquim Simão, que se vê às voltas com uma sociedade que define o artista popular e a arte de forma geral como "um exercício de preguiça''.


Valendo-se de artimanhas, Joaquim Simão tenta se impor, junto com sua mulher Neivinha, para manter vivo o sonho de sobreviver de sua arte. Tentado pelo inferno, através da rica Clarabela, mulher do rico e avarento Aderaldo Catacão que odeia o poeta, Simão é protegido pelos céus, numa história escrita com base em histórias populares nordestinas.


Elenco: Cleber Donizete (Joaquim Simão), Fernando Ferro (Neivinha/  Mendigo) Arminda Riolo (Clarabela Catacão), Gabriel Lujan (Aderaldo  Catacão e Jesus Cristo) e Kaique Oliveira (Andresa/ Frade/ Vaqueiro e Fedegoso: Cão Cocho). 
Maquiagem: Kaique Oliveira

Técnica: Alexandre Panhan

Figurino: Alexandre Cruz e Ella Miyazawa

Identidade Visual: Giovana Gabriel

Adereços: Mary Clair Peron

Trilha Original: Vinicius Vas

Cenografia, Sonoplastia, Adaptação e Direção: Alexandre Cruz

Duração: 50 minutos

Classificação 14 anos

1/3

ATIVIDADES

 

PROGRAMAÇÃO

OFICINAS

COMO APOIAR

 

LOJA

APOIA-SE

CONTATO

(19) 3808-1732 | casadoteatro.art@gmail.com

Rua Barão de Campinas, 619 Centro | Amparo, SP

  • Preto Ícone YouTube